Projetos

  • Redes Sociais / Social Media

Projetos

Projetos 2019 – 2º Semestre

G3G3

Projeto Escrevendo seu próprio livro

A Puzzle, em parceria com a Estante Mágica, transforma nossos alunos em autores de verdade. Cada criança escreve e ilustra seu próprio livro. Este projeto acontece do G3 ao 2o ano do ensino fundamental. Cada grupo tem desafios diferentes, de acordo com sua faixa etária. Este ano, por exemplo, G3 ilustrando We’re going on a bear hunt, o G4 reescrevendo a história da Little Red Riding Hood coletivamente, o G5 criando histórias sobre reis e rainhas, e o 1o ano escrevendo sua autobiografia. Os pais participam de uma das etapas do projeto – a escrita de uma breve biografia do filho. Este projeto é enriquecido com a presença de renomados escritores, como Blandina Franco, entre outros, que por meio de uma roda de conversa, aproxima o leitor do escritor.

E como fechamento do projeto, uma feira literária onde nossos escritores autografam seus próprios livros, recebendo pais, familiares e amigos.

G3

O semestre começou a todo vapor!

Nossos pequenos aprendizes já estão participando do projeto All About Me. Projeto este que recheará as manhãs de nossos alunos com diferentes propostas que visam atingir objetivos traçados pela BNCC (Base Nacional Curricular Comum).

Tais como:

  • Reconhecer quando é chamado por seu nome e reconhecer os nomes de pessoas com quem convive.
  • Comunicar-se com outras pessoas usando movimentos, gestos, balbucios, fala e outras formas de expressão.
  • Imitar gestos e movimentos de outras crianças, adultos e animais.
  • Movimentar as partes do corpo para exprimir corporalmente emoções, necessidades e desejos.
  • Demonstrar imagem positiva de si e confiança em sua capacidade para enfrentar dificuldades e desafios.
  • Perceber que suas ações têm efeitos nas outras crianças e nos adultos.
  • Perceber as possibilidades e os limites de seu corpo nas brincadeiras e interações das quais participa.

… entre outros tantos objetivos que serão atingidos à medida que as crianças brincam e interagem uns com os outros.

Enfim, muitas serão as aprendizagens e as diferentes vivências contribuirão para que cada um descubra gostos, preferências e jeito de ser e estar no mundo.

G3

Desde que o bebê nasce ele começa a descobrir o mundo por cheiros, gostos, formas, texturas e sons – e no Toddler é o momento de começar a organizar todas essas informações.

Na Puzzle temos a concepção de criança como ser que observa, questiona, levanta hipóteses, conclui, faz julgamentos e assimila valores e que constrói conhecimentos. Essa concepção impõe a necessidade de proposições e experiências que permitam às crianças conhecer a si e ao outro, e conhecer e compreender as relações com a natureza, com a cultura e com a produção científica.

Sabendo disso, nesse segundo semestre, o projeto pedagógico do grupo do toddler tarde será: The very hungry caterpillar, que vem para rechear as tardes de nossos pequenos cientistas com pesquisas, pinturas, faz de conta, histórias e experiências.

Vale ressaltar que o projeto baseia-se no livro The very hungry caterpillar, que conta a história de uma lagarta muito comilona que come de tudo. Come até as páginas do livro! Por meio de repetições, este livro de Eric Carle, que já foi publicado em mais de 62 línguas, ajuda a criança a memorizar os dias da semana e os números e nos mostra a semana da lagarta. A leitura desse livro também contribui para a aprendizagem dos alunos à medida que aprendem a nomear alimentos como apple, pear, plum, strawberry, orange, chocolate cake, ice-cream cone, pickle, Swiss cheese, salami, lollipop, cherry pie, sausage, cupcake, watermelon e green leaves.

G3

Como consta na Base Nacional Curricular Comum: “A interação durante o brincar caracteriza o cotidiano da infância, trazendo consigo muitas aprendizagens e potenciais para o desenvolvimento integral das crianças. Ao observar as interações e a brincadeira entre as crianças e delas com os adultos, é possível identificar, por exemplo, a expressão dos afetos, a mediação das frustrações, a resolução de conflitos e a regulação das emoções”. Buscando permitir que nossos alunos se desenvolvam de forma integral, criamos o projeto para o segundo semestre do G2: Motion in the Ocean.

Nele, os alunos estudarão a vida no oceano, os diferentes animais que existem, como esses animais se movimentam, como o oceano e seus habitats são, bem como as escolhas que podemos tomar para preservar a vida marinha. Ainda teremos um mascote da nossa turma, que fomentará a capacidade de colaboração das crianças, também as ensinando a ter compaixão e responsabilidade, criando um senso de comunidade e tornando mais significativo esse momento de adaptação. E para algumas crianças, chegar na escola e ver o bichinho é a primeira coisa que querem fazer.

Let’s have a FIN-tastic term!

G3

Aos poucos, a classe está se transformando… Em vez de teto e paredes, um céu cheio de planetas e estrelas. Garrafas estão virando foguetes, e brincadeiras cotidianas estão se unindo a investigações científicas. Nossos pequenos astronautas também viverão divertidos momentos de faz de conta acerca do universo, e muitos desenhos e colagens farão parte do cotidiano.

Tudo começou com uma boa roda de conversa, e agora as pesquisas estão a todo vapor.

O Sol é uma estrela?

Qual a cor do Sol?

Estas e outras tantas perguntas serão respondidas ao longo do projeto “Across the universe”.

E para enriquecer ainda mais o cotidiano dos pequenos astronautas, que tal você embarcar em nosso foguete e nos mandar diferentes livros, ou até quem sabe um grande foguete?

G3

Conhecer diferentes culturas fica muito mais interessante quando envolve brincadeiras, arte e cultura dentro de um mesmo projeto didático.

O projeto África, do G3 da tarde, engloba pesquisa e registros por meio das diferentes linguagens, e proporcionará a todos os envolvidos conhecimento e muita diversão.

Vale ressaltar que conhecer o passado e a cultura de povos africanos possibilita aproximar-se de determinados costumes que temos hoje no Brasil e que vieram da África como comidas, músicas e brincadeiras.

Mas nossas pesquisas não pararão por aí. Precisaremos descobrir:

Quais animais moram na savana africana?

A África é longe?

Lá tem deserto?

Como são as roupas das crianças? E das mamães delas?

Do que as crianças brincam?

Estas e outras tantas perguntas rechearão as nossas rodas de conversa e pesquisa.

G3

Que tal dar uma voltinha pelo globo terrestre e descobrir como vivem as crianças da Tunísia, da França, do México e de outras nações?

Ah! Vocês estão com muitos compromissos agora e não podem viajar. Entendo…

E se eu disser que, para isso, você só precisa pegar carona com o grupo do G4!

Nesse segundo semestre, o projeto “Let´s travel around the world” trará a oportunidade das crianças vivenciarem experiências diversificadas, além de várias formas de linguagens e expressões, por meio do contato com diferentes manifestações culturais e artísticas no cotidiano da escola.

O projeto abordará questões como: alimentação, língua falada, brincadeiras, curiosidades e bandeiras de diferentes países, e tem como principais objetivos proporcionar conhecimentos para que as crianças passem a entender que existem outros modos de vida, ao mesmo tempo percebam a si mesmas e ao outro. Assim, valorizam a sua própria identidade e respeitam os outros reconhecendo as diferenças que nos representam como seres humanos.

O trabalho com as diferentes áreas do conhecimento permanecem, bem como os divertidos momentos de jogo simbólico, rodas de leitura, cooking class e playground. Nossos viajantes conhecerão muitas histórias, terão descobertas e boas aventuras.

G3

Como acontece o processo de alfabetização? O que as crianças do G5/G6 viverão durante o segundo semestre? O que vão aprender?

Muitas dúvidas surgem quando iniciamos um novo semestre, e principalmente, quando falamos de alfabetização. Ainda mais quando comparamos à maneira como isso era feito quando nós, mães, pais e professores, fomos alfabetizados.

Aceitar a ideia de não dizer que faltam letras na escrita da criança e ainda concordar com o que ela escreveu, mesmo que esteja errado, pode causar angústia. É comum surgirem questões como: “Como a criança aprenderá o certo se eu não falar?” ou “Como direi que está certo, se está errado?

Então, vamos lá!

Podemos começar pela autoestima, que é fundamental. É por meio dela que a criança se sente segura para arriscar. Outro aspecto essencial é ouvir a criança. Entender o porquê ela coloca determinadas letras e argumentar.

As crianças perguntam o tempo todo. Quando são colocadas em situações nas quais precisam escrever, algumas nos questionam: “Está certo?” Nesse caso, devolvemos a pergunta: “O que você acha?” ou ainda “Leia com o dedinho e veja se está bom”.

Em vez de dizermos se a escrita está correta, prefira parabenizar a criança pela tentativa, a fim de passar confiança. Assim, demonstramos que sabemos que ela deu o seu melhor e merece reconhecimento, e ela segue se aprimorando cada vez mais, tanto no português, quanto no inglês.

Enfim, assim cada criança do seu jeito e no seu ritmo vai adquirindo confiança e avançando em suas conquistas e aprendizagens.

E para rechear ainda mais todo o processo de aprendizagem dos alunos do G5/G6, teremos:

• Alfabetização e letramento

Leitura coletiva e projeto baseado no livro: O Grúfalo

Leitura e projeto baseado no livro: Tarsilinha e as cores

• Linguagens – Inglês

Leitura coletiva e projeto baseado no livro: Voices in the park

Projeto Estante Mágica: Produção de histórias

• Letramento Matemático (em inglês)

Projeto envolvendo as competências fundamentais: raciocínio, representação, comunicação e argumentação, e os processos matemáticos de resolução de problemas e de investigação.

G3

O que o meu filho vai aprender no segundo semestre do primeiro ano?

…que a importância de uma coisa não se mede com fita métrica nem com balanças nem barômetros etc. Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós.
Manoel de Barros

O conhecimento que uma criança adquire no primeiro ano será levado para os anos seguintes, nos quais irá aprimorá-lo. Sabendo disso e com a intencionalidade de comunicar aos pais de nossos alunos o que é proposto em sala de aula, discriminamos abaixo o que será trabalhado ao longo do segundo semestre.

Português

Gêneros literários em foco: Poemas e contos acumulativos e de repetição.

Atividades permanentes: Leitura de textos, leitura e identificação de palavras, reescritas, roda de leitores, produção de textos, atividades de linguagem oral, revisão de textos, produção de listas, leituras (compartilhada, autônoma e feita pelo professor em voz alta), trabalho com os padrões da linguagem escrita.

Projeto: A Ponte (livro paradidático)

Matemática (em inglês e português)

Projetos e atividades envolvendo:

Números e operações: Contagem, representação de números, correspondência um a um, comparação, formação de pares, números ordinais, sequência numérica além do 10, noção de metade, juntar, acrescentar, tirar, completar, repartir em contextos significativos.

Espaço e forma: Formas básicas (quadrado, retângulo, triângulo e círculo), composição e classificação de figuras planas, formas espaciais (cubo, bloco retangular, esfera e cilindro), localização, posição.

Grandezas e medidas: Medidas de comprimento, tempo, capacidade, massa (na linguagem do dia a dia), sistema monetário, tabelas, gráficos e probabilidade.

Ciências (em inglês)

Projetos e atividades envolvendo:

Eu cientista: Experiências – pesquisa, levantamento de hipóteses e registros.

Quem é você: Saúde e higiene, características físicas e diversidade.

Lugar de estudar: Hábitos alimentares e alimentação saudável, noções de reutilização
e reciclagem.

História e Geografia (em inglês)

Projetos e atividades envolvendo:

História pessoal e familiar, percepção da passagem de tempo, regras de convívio na escola, noções de lateralidade, noções de localização e itinerário casa-escola, calendário e comemorações.

Inglês

Na área de inglês temos diferentes eixos: oralidade, leitura, escrita, conhecimentos linguísticos e dimensão cultural que contribuem para a aquisição de diversos saberes.

Vale lembrar que as crianças aprendem na prática comunicativa e em contato com a língua real.

No eixo Leitura e Escrita são abordadas práticas de linguagem decorrentes da interação do leitor com o texto escrito e as práticas de produção de listas e pequenos textos.

Os conhecimentos linguísticos estão relacionados à análise e à reflexão sobre a língua, sempre de modo contextualizado, articulado e a serviço das práticas de oralidade, leitura e escrita.

A dimensão intercultural nasce da compreensão de que as culturas estão em contínuo processo de interação e construção.

Enfim, no cotidiano escolar as crianças são convidadas a viver a aprendizagem de forma lúdica, significativa e eficiente.

*Projeto: Situações didáticas que se articulam em função de uma finalidade e de um produto final compartilhado. Contextualizam as atividades e podem ser interdisciplinares.