Ensino Fundamenta...

  • Redes Sociais / Social Media

Ensino Fundamental 1

Na Puzzle, a transição entre a Educação Infantil e o Ensino Fundamental 1 é feita com muita atenção e cuidado, garantindo a todas as crianças a continuidade dos processos de aprendizagens, bem como respeitando suas singularidades, as diferentes relações que elas estabelecem com os conhecimentos, e a importância do brincar e interagir.

Vale lembrar que o Ensino Fundamental, com nove anos de duração, é a etapa mais longa da Educação Básica, e na qual a criança passa por uma série de mudanças relacionadas a aspectos físicos, cognitivos, afetivos, sociais, emocionais, entre outros.

E para que a entrada no Ensino Fundamental seja feita de forma tranquila temos todo um cuidado especial, um acolhimento e adaptação de tempos, espaços e rotinas para que a criança continue construindo, com base no que ela já aprendeu, seu percurso educativo.

No cotidiano do primeiro ano, valorizamos as situações lúdicas de aprendizagem que acontecem com as crianças imersas no bilinguismo e que as aproxima cada vez mais dessa segunda língua.

Nas aulas que acontecem em português, a ação pedagógica tem como foco a alfabetização, que garante amplas oportunidades para que nossos pequenos aprendizes se apropriem do sistema de escrita alfabética. Aos poucos, as crianças aprendem a produzir textos antes mesmo de saber grafá-los de maneira convencional. Isso significa que, ainda que as crianças não possuam a habilidade de escrever e ler de maneira autônoma e ortograficamente correta, podem fazer uso da ajuda de parceiros mais experientes e também contar com o professor como escriba.

Já nos diversos momentos da rotina e no processo de pesquisa dos projetos, as crianças são convidadas a viver novas formas de relação com o mundo, novas possibilidades de ler e formular hipóteses sobre os fenômenos, testá-las e refutá-las, elaborar conclusões, em uma atitude ativa na construção de conhecimentos, ou seja, o aluno protagonista de sua própria história/aprendizagem.

O segundo ano é uma turma formada por crianças que completam 7 anos até 31 de março. A criança, nesta faixa etária, passa a exercer de forma mais consciente seu papel institucional – o papel de aluno. Aos poucos, vai percebendo que como os outros, está inserida em um todo maior e assim adquire, a noção de alteridade. A partir daí, passa a interagir efetivamente como membro de grupo, na condição de igual para igual, amadurecendo o seu processo de auto-regulação.

Toda imersão no bilinguismo vivida até o momento, possibilita ao aluno interagir num contexto mais globalizado e as crianças se tornam capazes de lidar com diferenças culturais e se conscientizam de que são responsáveis pela construção de um mundo em transformação. Cada vez mais se tornam capazes de interpretar, expressar e negociar significados. O desenvolvimento destas capacidades implica ir além da competência gramatical e trabalhar com as competências sociolinguísticas, discursiva e estratégica.

Nas outras áreas do conhecimento, os alunos são incentivados a transmitir, partilhar, construir saberes e ter flexibilidade diante do novo. Assim, cotidianamente, potencializam suas capacidades, tornando-se sujeitos de sua própria aprendizagem.